GATOS DE PELOS COMPRIDOS E COMO CUIDAR DE SEU PELAME

Belos gatos de pelo longos

Raças de gatos - estes gatos com pelos compridos sabem realmente como "deixa-los crescer" 


Eles são lindos de se ver e você não pode deixar de acariciá-los o tempo todo. Gatos de pêlo longo são raças arquetipicamente bonita. Para todos os amantes de gatos que gostam de gatos de pelo longo, os gatos Persas são naturalmente a primeira escolha. Eles têm de longe o pelo mais comprido.

Os gatos de pelo semi longo também têm pelames muito bonitos, embora não cresçam tanto quanto os persas.

Além do pelo, cada raça de gato de pelo longo tem características particulares. O gato Angorá, por exemplo, é a mãe arquetípica de todos os gatos de pelos compridos; o gato Britânico de Pelo Longo tem uma natureza bastante plácida; o Sagrado da Birmania é muito gentil, o Maine Coon fica extremamente grande em tamanho e o Norwegian Forest Cat exibe um comportamento bastante primitivo. Excepcionalmente belos representantes da linhagem são o Ragdoll, o Ragamuffin e o Neva Masquerade.

Seu gato de pelo longos sempre será o mais bonito de todos.


Seja um Angora, um Birmanês ou um Persa - você simplesmente adora aquele pelo longo e sedoso. Este artigo lhe dirá como surgem os problemas com o pelame, como você pode protegê-los e como você pode garantir que o pelame do seu gato de pelo longo cresça grossa, maravilhosamente brilhante e permaneça assim.

A mudança de pelos em gatos


A
primavera e o outono fazem dão muito trabalho quando você tem um gato de pelo longo. É quando gatos mudam de pelo. Gatos de pelo longo foram fornecidos pela natureza com um "casaco" quase completamente novo. Quando o sol ganha força ao ar livre, é quando eles se livram do seu pelo velho de inverno.

Este pelo de inverno é substituído por um ‘casaco’ de verão muito mais leve, que protege o gato da radiação UV intensa e do calor excessivo. Correspondentemente, o casaco de inverno - com sua espessa camada isolante de pelo - protege o gato contra o desconforto da umidade e do frio.

De qualquer forma, o orgulhoso dono do gato tem muito o que fazer. Porque infelizmente eles perdem os pelos! Diariamente e de forma contínua. Uma das razões para isso é o intenso uso da lambedura instintiva.

E além disso, os pelos também caem por si só e se baseiam em um ciclo. Isso é chamado de "fase anágena", um período em que novas raízes do pelo passam a nascer naturalmente.

Isto é seguido pela "fase catagenosa", uma fase de transição. Depois disso, o pelo pára de crescer completamente. Esta é a fase "telógena" ou de repouso.

O pelo agora cresceu em toda a sua extensão, mas ainda está firmemente enraizado. Começa a cair na fase "exógena". Em gatos de pelo longo, um percentual incrível de 12% a 24% do peso corporal é basicamente pelo!

Gatos que vivem em ambientes fechados são particularmente propensos à muda. Isso ocorre porque a temperatura na casa em geral permanece praticamente a mesma, o que significa que o gato não precisa se ajustar ao calor ou ao frio.

Gato de pelos longos - mudança de pelos

E os dias também, em vista da iluminação interna, são todos aproximadamente do mesmo tamanho. Alguns gatos reagem a esse ambiente artificial, perdendo pelos o tempo todo, e infelizmente os gatos de pelos longos são particularmente propensos a isso. E na primavera o fenômeno é ainda mais acentuado.

Gatos que vivem dentro de casa de pelo longo são, é claro, mágicos e lindos, mas não há dúvida de que cuidar deles exige mais trabalho do que os gatos de pelo curto. Se possível, você deve escová-los todos os dias, desde o começo - isso é algo que você deve ao seu gato de pelo longo!


As 11 dicas e truques Cat's Best para cuidar de gatos de pelo longo

Dica 1: identifique a causa dos problemas de pelo


Seja seu gato um Angorá, Birmanês ou Persa, você adora aquele pelo longo e sedoso, mesmo sendo tão difícil de cuidar. Então qual o problema? Você está achando bolas de pelo por toda casa? O pelo do seu gato não está mais brilhoso, ou até com áreas sem pelo? Então você tem descobrir o que acontece. As possíveis causas estão listadas abaixo.

Deficiência vitamínica

Às vezes pode ser útil compensar deficiências da dieta dando vitaminas para seu gato. O seu veterinário poderá lhe aconselhar nesses casos, sem dúvida, seja para utilizar gérmen de trigo, salmão ou azeite de oliva, ou uma pasta especial, o que pode ter um efeito positivo no pelo.

Infestação parasitária

Quando os gatos estão infestados por pulgas e carrapatos, eles são naturalmente levados a se coçar muito. Nos piores casos, isso pode resultar na remoção de grandes tufos de pelos. A infestação deve ser diagnosticada categoricamente pelo veterinário, e então você pode utilizar o remédio apropriado. O tratamento frequente contra vermes também é essencial, já que as pulgas podem servir como vetor para eles.

Perda de pelo relacionada a estresse

Uma pessoa nova na casa, uma situação de competição com outros gatos, mudança de ambiente – existem muitas razões para causar estresse suficiente em um gato para causar a perda de grandes quantidades de pelos. Em alguns casos, florais de Bach se provaram efetivos, sendo uma maneira de restaurar o equilíbrio emocional do animal.

Esforços físicos excepcionais

Após uma cirurgia, febre ou até gravidez, o desgaste físico envolvido pode causar perda de pelos em animais de pelo longo.

Irregularidades hormonais, distúrbios metabólicos e doenças autoimunes

Se todas as causas apresentadas acima forem excluídas, frequentemente o único caminho que resta é um exame de sangue completo para determinar o que esteja incomodando o gato.

Estes parasitas felinos podem ser perigosos

Além das pulgas, carrapatos e ácaros – que gatos de pelo longo podem contrair quando saem para o jardim ou entram em contato com gatos de ambientes externos (estes que também podem ser possíveis fontes de doenças) – piolhos de pássaros também podem ser um problema para gatos de pelo longo.

Este não é um caso de insetos de seis patas e sem asas se propagando no pelo do gato. Piolhos de pássaros são da mesma família dos piolhos comuns, e tão pequenos quanto – um a um milímetro e meio de comprimento, e meio milímetro de largura. Em gatos, piolhos de pássaros não se alimentam do sangue, mas de descamações de pele, secreções glandulares e pelos. Estas pestes inconvenientes se multiplicam rapidamente, já que a fêmea pode botar uma nova leva de ovos no pelo a cada dois ou três dias.

Uma infecção por estes parasitas, que ocorre com maior frequência quando em contato com um gato de rua, é particularmente perigosa no inverno, já que nessa estação o sistema imune do gato é mais fraco que no verão.

Piolhos de pássaros são atraídos por pelo longo e emaranhado. Eles se sentem bem à vontade nesses ambientes, e podem se tornar uma verdadeira praga!

Dica: se durante um período de tempo o seu gato apresenta irregularidades no pelo, perde uma quantidade excessiva de pelo ou simplesmente se lambe até machucar, você absolutamente deve investigar a causa, e uma visita ao veterinário pode ser indispensável!

Problemas de pelos de gatos

Dica 2: a alimentação correta


Nós somos o que comemos – e com certeza isso se aplica a gatos também. E comida boa, naturalmente, vai resultar em um pelo denso e belo. Gatos são carnívoros, então é importante escolher uma comida que tenha uma grande proporção de carne facilmente digerível.

A proporção deve ser de dois terços. O sistema digestivo dos gatos domésticos é primariamente equipado para carne e a proteína contida nela.

A carne também contém taurina – um aminoácido importante que gatos não produzem. Quando os gatos tem uma dieta natural de alta qualidade, o pelo vai ser melhor por isso. Se os ingredientes estão listados no pacote, você tem uma chance melhor de julgar a qualidade!

Dica: descubra com seu veterinário de sua confiança quais fatores você deve ter em mente quanto a alimentação do seu gatos, e quais aditivos são apropriados para beneficiar seu pelo.


Dica 3: ache o momento certo para cuidar do pelo


Quando o gato está relaxado e carinhoso, e você tem tempo para fazer o serviço apropriadamente, então é o momento certo para dar a seu gato um tratamento completo nos pelos.

Seria ótimo se você pudesse fazer isso parte da sua rotina diária. Seu gato de pelo longo vai agradecer de todas as maneiras – primeiro com afeto, e então também com seu pelo muito bem cuidado.

É uma boa idéia encontrar um quarto sem ruídos que possam distrair o animal. Então coloque o gato na sua frente – talvez em uma mesa (mas cuide para que ele esteja sobre um pano).

Então você o agrada um pouco primeiro, começando pela cabeça e escovando em direção a cauda. Sempre na direção do pelo, claro.

Dica: encontrar o lugar certo para cuidar do pelo é um fator importante. Você pode criar um lugar confortável para este propósito, e então deixar o gato cheirar todas as ferramentas que você irá utilizar para cuidar do pelo, para que ele se sinta confortável com elas.


Dica 4: Desta maneira você pode fazer com que cuidar do pelo seja um prazer para seu gato de pelo longo


O rabo do seu gato de pelo longo deve ser apenas escovado, nunca penteado, ou você corre o risco de puxar os belos pelos da cauda.

Gatos geralmente não gostam de serem virados de barriga pra cima. Então ou coloque o gato em uma mesa, ou escove a barriga por baixo. Ou outra variante é colocar o gato em seu braço, e segurar as patas dianteiras com uma mão enquanto penteia com a outra.

Quanto mais seu gato de pelo longo confiar em você, mais ele estará disposto a deixar você cuidar de seu pelo. Dê um petisco como recompensa depois, e logo ele irá registrar o fato de que isto vai resultar em recompensa.

Mas tudo isso vale a pena, já que este ritual diário de escovação também pode criar uma relação mais próxima entre você e seu pet!

Dica: gatos são criaturas de hábito, e vão adorar o ritual diário de cuidados do pelo com você. Então tente reservar a mesma hora todo dia para cuidar do pelo do seu gato de pelo longo. Mesmo um cuidado a cada dois dias é melhor que fazê-lo em intervalos irregulares ou até em raras ocasiões.


Dica 5: cuidados regulares são importantes


Porque quanto menos frequentemente você escova o pelo de um gato de pelo longo, mais difícil a próxima escovação se torna, e mais demorada. Você também pode acabar encontrando pelos emaranhados e nós próximos à pele.

Estes podem causar danos permanentes à pele sensível do gato. Podem aparecer eczemas que causem coceira, e áreas sem pelo podem se tornar inflamadas, com efeitos sérios sobre a saúde do animal.

Dica: antes de começar o ritual completo de cuidados, escolha um horário no qual o gato esteja completamente relaxado. O mesmo serve para você! Ache o lugar mais silencioso possível, e sempre use o mesmo lugar.


Dica 6: deixe os gatos acostumados com a escova – quanto mais cedo, melhor


A parte importante é levar em consideração as características individuais de cada gato. Nunca force o gato a fazer algo que ele não queira. Isso se aplica a animais jovens e velhos.

Viver com gatos é uma lição sobre paciência! Então você deve reservar mais ou menos 15 minutos do seu dia para o ritual de cuidados diários – embora a cada dois dias também é possível, caso você não tenha tempo.

Menos, no fim, pode ser mais, já que gatos de pelo longo podem apresentar pelos embaraçados facilmente.

Dica: Se você tem um gato jovem, é uma oportunidade esplêndida para acostumar o animal com o mimo diário, apresentando os tratamentos de um jeito brincalhão.


Dica 7: a melhor ferramenta para cuidar dos pelos do seu gato


Uma escova especial é altamente recomendada para garantir o sucesso do tratamento dos pelos do seu querido felino – mesmo que tais artigos sejam muito caros. As chamadas “pluck brushes” são altamente recomendadas, pois facilitam muito a remoção da subcamada de pelos mortos e quaisquer pelos soltos.

Tal como para cabelos humanos, escovas feitas de cerdas naturais (de javali, por exemplo) são as melhores, caso você queira um pelo macio e sedoso.

Dica: deixe todas as ferramentas prontas (escova, pente, panos úmidos, lenços umedecidos, talco, etc.) antes de começar. A maneira mais simples é conseguir uma cesta para todos os utensílios necessários.


É recomendado utilizar um pente de metal com dentes amplos e arredondados. E uma escova de plástico com botões também pode ser ótima para massagear gatos de pelo longo. Pesquise um pouco – existem acessórios apropriados para cada tipo de comprimento.

Por exemplo:

  • Um pente para remover nós
  • Furminator
  • Luvas
A maneira correta de cuidas do pelo de um gato

Dica 8: produtos para cuidar do pelo de gatos


Atrás das orelhas, sob a axila, na parte interna das patas e ao redor do bumbum – estes são todos lugares onde o gato é naturalmente sensível, tal como nós humanos. É recomendado tratar estas áreas antes com
talco, ou uma espuma.  

Você pode encontrar no mercado sprays para remover nós para as áreas mais teimosas e embaraçadas. Use o spray, então cuidadosamente seque e então penteie – este é o método correto.

Também existem óleos para cuidar dos pelos de gatos de pelo longo.

Dica: é importante procurar produtos de qualidade e naturais. Gatos podem ter reações alérgicas a produtos sintéticos, e também são muito sensíveis a odores. Odores que nós gostamos podem ser absolutamente repulsivos para um gato.


Dica 9: dar banho no gato? – apenas quando absolutamente inevitável


Nossos gatos domésticos não gostam de água por natureza, mesmo existindo muitas exceções à regra. Todos sabem o que é melhor para seu gato, e serão capazes de julgar quanto eles irão gostar ou odiar entrar na banheira.

Basicamente, um banho completo – e por favor, use shampoo especial para gatos – deve ser feito em último caso, sob extrema necessidade, por exemplo, caso seu gato de pelo longo tenha diarreia, entrou em contato com alguma substância tóxica ou se sujou muito por alguma razão.

Isso é porque banhos são muito estressante para gatos, e banhos frequentes podem levar a problemas de pele. Uma alternativa é usar água morna para limpar áreas com crostas de sujeira ou embaraçadas. Lenços de limpeza (sem aroma) também devem ser utilizados com cuidado para limpar a parte interna das orelhas.

Crostas nos cantos dos olhos ocorrem com frequência em gatos idosos e persas. Estas podem ser removidas com uma folha de papel toalha umedecida.

Dica: nem gatos de pelo curto nem longo gostam de banhos (embora obviamente hajam exceções). Isso significa que um banho só deve ser considerado se seu gato de pelo longo se sujou gravemente de alguma maneira. Mas primeiro pense se usar uma tesoura sem ponta não é uma melhor alternativa.


Dica 10: cortando o pelo de um gato de pelo longo


Caso seja absolutamente inevitável, você pode acabar tendo que cortar um nó – seja com uma faca de remover nós especial, ou talvez com uma tesoura (a tesoura deve ser
sem ponta).

Por favor seja muito cuidadoso neste caso, pois gatos raramente ficam completamente imóveis. Insira um pente entre a pele e o nó antes de começar a cortar – então provavelmente nada de mal acontecerá.

Dica: além de escovar, você deve continuamente aparar os pelos longos ao redor do bumbum do animal. Porque esta área é onde as fezes podem acabar se aderindo ao pelo, com consequências muito desagradáveis!


Dica 11: Quando realmente não há alternativa, o único remédio é cortar todo o pelo do animal


Quando o pelo está completamente embaraçado e danificado, uma visita ao veterinário e um anestésico leve são o melhor caminho. Cortar todo o pelo sem anestésicos não é uma opção, já que gatos – ao contrário de cães – não vão ficar parados por muito tempo, então o risco de machucá-los é inaceitável.

O processo é desagradável, para o gato e seu dono – primeiro pois o anestésico causa um esforço ao sistema, e porque leva um tempo até o pelo de um gato de pelo longo crescer e recuperar sua condição ideal.

Cortar o pelo vai estimular o crescimento de novos pelos. Neste ponto, a escovação regular é mais importante que nunca.

Dica: se não era feito antes, uma operação deste tipo faz ser absolutamente essencial introduzir um regime consistente de cuidados do pelo. O ponto importante é evitar que ocorram mais embaraços.

Cat's Best

O que evitar quando for cuidar dos pelos


Pentes de plástico
não são recomendados, pois durante o pentear eles podem acumular uma carga elétrica. Então você ou o gato podem levar um choque ocasional – literalmente.

Pressão quanto ao tempo! Seu gato vai saber quando você não tem tempo para fazer o trabalho direito.

Confusão e barulho no quarto. Coisas como televisão ou música em volume alto podem irritar seu gato. Vozes muito altas e crianças gritando também devem ser evitados – estas não são boas condições para ter uma operação de cuidados de sucesso.

Dica: faça disso um ritual atrativo, que beneficie não só o gato, mas também te dê uma oportunidade para relaxar!

Cat's Best Katzentipps

Como cuidar de gatos de pelo longo em poucas palavras


Seu belo gato de pelo longo:
Nossas melhores dicas para um cuidado fácil do pelo – um resumo curto:


  1. Para começar, use um pente de metal com pontas rombas. Isso possibilita identificar pequenos nós cuidadosamente – seja especialmente cuidados ao redor das orelhas e no pescoço.

  2. Nós mais teimosos podem ser cortados – mas se fizer isso, por favor use tesouras sem ponta ou uma faca especial.

  3. Como próximo passo, use uma escova para arrancar pelos, para deixar a subcamada macia e desatar os nós entre os pelos curtos e longos.

  4. Talco para bebês é muito útil (mas por favor use produtos naturais) para o tratamento de áreas oleosas e com descamação em gatos de pelo longo.

  5. Negócios primeiro, depois prazer: agora você pode escovar o pelo (sempre no sentido dos fios) com uma escova de cabelo natural, com movimentos suaves. É uma excelente sessão de massagem para o seu gato de pelo longo, e a melhor forma de encerrar uma operação de cuidados perfeitas.

  6. Recompense seu gato ao fim da sessão – seja com agrado ou abraços, brincando ou dando um petisco


Sempre aproveite o tempo que você passa cuidando do pelo do seu gato de pelo longo. Seu gato irá recompensar com devoção, e obviamente com um pelame lindo e sedoso.

Mais sobre os gatos

Diese Webseite verwendet Cookies. Durch die Nutzung der Webseite stimmen Sie der Verwendung von Cookies zu. Datenschutzinformationen